Resultados 1 a 9 de 9
  1. #1
    digite aqui sua mensagem pessoal
    Data de Ingresso
    15/07/12
    Idade
    29
    Posts
    9.721

    Pós-Produção de Vídeo

    Tópico para pós-produção em dublagens, pós-produção se alguém por acaso não souber é a edição em vídeo geralmente dos textos, placas e etc traduzidas para a língua local.
    Procurei pra ver se tinha algum tópico sobre o assunto e não tem.

    Geralmente as dublagens da Disney, principalmente os filmes mais relevantes da empresa costumam ter. Outro exemplo é Cavaleiros do Zodíaco, onde pós-produção é um padrão constante nas séries da franquia.

  2. #2
    digite aqui sua mensagem pessoal
    Data de Ingresso
    15/07/12
    Idade
    29
    Posts
    9.721
    Um exemplo antigo de pós-produção foi com o anime Angel, a Menina das Flores, dublado na Elenco. Aqui a abertura com os créditos traduzidos:


  3. #3
    digite aqui sua mensagem pessoal Avatar de CLaudioST
    Data de Ingresso
    11/06/12
    Localização
    São Paulo - SP
    Idade
    35
    Posts
    1.258
    CDZ Omega e sendo a primeira abertura com o nome dos dubs BRs creditados parte do elenco de dublagem e acho só nos primeiros volumes no DVD da play arte;

    Descubre essa voz feito por mim, em nesses endereços de videos stream on line;


    BANCO DE VOZ

  4. #4
    digite aqui sua mensagem pessoal Avatar de Kenta
    Data de Ingresso
    03/01/11
    Idade
    30
    Posts
    379
    Em animes, tem vários: Ranma 1/2 na exibição da PlayTV (e curiosamente apenas no último episódio quando passou no Cartoon), Nadja nos DVDs da PlayArte e no Looke, Digimon 4, Digimon Data Squad, Yo-Kai Watch, Dragon Ball Z (pelo menos a saga do Majin Boo) no Cartoon, Super Onze (se me lembro bem), Death Note (caso notável, apesar de vários errinhos).

    Até onde eu sei, a própria Álamo que fez a pós-produção pra Ranma, Nadja, Digimon e DBZ, tanto que tinha o logotipo deles IMENSO no fim de cada encerramento e a mesmíssima fonte em alguns, mas no geral era bem feito (apesar da qualidade do vídeo da abertura ficar menor que a qualidade dos episódios). Chuto que o de Death Note e de Super Onze foram feitos pela Dubbing House (na época, AF The Dubbing House) no exterior.

    E a Disney tem inúmeros casos, nem saberia listar todos, mas o mais memorável pra mim foi em Up, que tem um trabalho perfeito traduzindo os letreiros mais importantes (de novo, chuto que foi feito pela própria Pixar em vários idiomas). Na Nickelodeon, só me lembro de ter acontecido com Manual de Sobrevivência Escolar do Ned, que tinha um tratamento bem mal feito e bizarro, mas melhorou na segunda temporada.

    E espero que a tendência seja adicionar legenda nas placas (como a Netflix aparentemente faz com seus títulos originais) pra substituir a leitura delas pela "voz de deus", que é uma prática bem ultrapassada, a meu ver.

  5. #5
    digite aqui sua mensagem pessoal
    Data de Ingresso
    15/07/12
    Idade
    29
    Posts
    9.721
    Citação Postado originalmente por Kenta Ver Post
    Em animes, tem vários: Ranma 1/2 na exibição da PlayTV (e curiosamente apenas no último episódio quando passou no Cartoon), Nadja nos DVDs da PlayArte e no Looke, Digimon 4, Digimon Data Squad, Yo-Kai Watch, Dragon Ball Z (pelo menos a saga do Majin Boo) no Cartoon, Super Onze (se me lembro bem), Death Note (caso notável, apesar de vários errinhos).

    Até onde eu sei, a própria Álamo que fez a pós-produção pra Ranma, Nadja, Digimon e DBZ, tanto que tinha o logotipo deles IMENSO no fim de cada encerramento e a mesmíssima fonte em alguns, mas no geral era bem feito (apesar da qualidade do vídeo da abertura ficar menor que a qualidade dos episódios). Chuto que o de Death Note e de Super Onze foram feitos pela Dubbing House (na época, AF The Dubbing House) no exterior.

    E a Disney tem inúmeros casos, nem saberia listar todos, mas o mais memorável pra mim foi em Up, que tem um trabalho perfeito traduzindo os letreiros mais importantes (de novo, chuto que foi feito pela própria Pixar em vários idiomas). Na Nickelodeon, só me lembro de ter acontecido com Manual de Sobrevivência Escolar do Ned, que tinha um tratamento bem mal feito e bizarro, mas melhorou na segunda temporada.

    E espero que a tendência seja adicionar legenda nas placas (como a Netflix aparentemente faz com seus títulos originais) pra substituir a leitura delas pela "voz de deus", que é uma prática bem ultrapassada, a meu ver.
    Super Onze teve pós-produção somente se considerarmos a abertura da série, que tinha o logotipo traduzido. E como isso devia ter um custo e a dublagem correu de forma bem acelerada, eu chuto que foi por conta disto que eles só produziram versões brasileiras para a 1ª e 2ª aberturas, sendo que até o episódio que foi dublado, haviam quase 6 aberturas diferentes, assim estendendo a exibição da segunda abertura até o episódio 78.

    Lembro-me também que nos anos 90 alguns animes da Tikara e da Sato tinham pós-produção também. Não me lembro no Cartoon, mas YuYu Hakusho na Manchete tinha inclusive, os nomes dos dubladores creditados nos encerramentos.

    Mais recentemente, eu notei algo similar com Diabolik Lovers também, mas somente quando a série estava no Vimeo e não no Netflix. Os créditos da abertura eram traduzidos e inclusive a letra da música tinha legendas abaixo. Pena que no Netflix não está assim.

    Quanto à Dragon Ball Z mais especificamente, a série recebeu um tratamento de início meio esquisito neste aspecto. Os title cards, mesmo nas Sagas dos Saiyajin, Freeza e Cell, eram geralmente traduzidos mas os nomes eram escritos em suas pronúncias hispânicas(Freezer, Krillin, Milk, etc) quando na dublagem dos diálogos no Brasil, boa parte dos nomes foram readaptados à suas pronúncias japonesas(Freeza, Kuririn, Chichi, etc). Na Saga Boo isso melhorou e ficou bem mais aprimorado.
    Se bem que, com a versão remasterizada que chegou à América Latina recentemente(e exibida na Rede Brasil), aparentemente a Toei refez toda a pós-produção de vídeo da série. Mesmo os title cards estão diferentes - e felizmente, com a escrita dos nomes correta - .

    Citação Postado originalmente por CLaudioST Ver Post
    CDZ Omega e sendo a primeira abertura com o nome dos dubs BRs creditados parte do elenco de dublagem e acho só nos primeiros volumes no DVD da play arte;

    Pior que nos anos 80 já fizeram algo parecido, como na abertura de Angel, a Menina das Flores, que eu postei logo acima.

  6. #6
    digite aqui sua mensagem pessoal Avatar de Kenta
    Data de Ingresso
    03/01/11
    Idade
    30
    Posts
    379
    Citação Postado originalmente por SuperBomber3000 Ver Post
    Lembro-me também que nos anos 90 alguns animes da Tikara e da Sato tinham pós-produção também. Não me lembro no Cartoon, mas YuYu Hakusho na Manchete tinha inclusive, os nomes dos dubladores creditados nos encerramentos.

    Mais recentemente, eu notei algo similar com Diabolik Lovers também, mas somente quando a série estava no Vimeo e não no Netflix. Os créditos da abertura eram traduzidos e inclusive a letra da música tinha legendas abaixo. Pena que no Netflix não está assim.
    YuYu no Cartoon tinha todos os créditos e títulos em japonês mesmo, achei bem legal quando descobri que na Manchete passava (além das músicas em português) os créditos traduzidos.

    E infelizmente na Netflix a gente acaba perdendo esse cuidado das traduções porque eles provavelmente utilizam o mesmo arquivo de vídeo pra todo o território que a licença cobre, muitas vezes sendo a América Latina toda (pra produtos como Diabolik Lovers) ou o mundo todo (produções originais). Lembro que quando Death Note entrou na Netflix, lá nos primórdios do serviço, os créditos e as placas estavam em espanhol (assim como Super Onze). Depois, o anime ficou um tempo fora e voltou todo em japonês.

  7. #7
    digite aqui sua mensagem pessoal
    Data de Ingresso
    15/07/12
    Idade
    29
    Posts
    9.721
    Citação Postado originalmente por Kenta Ver Post
    YuYu no Cartoon tinha todos os créditos e títulos em japonês mesmo, achei bem legal quando descobri que na Manchete passava (além das músicas em português) os créditos traduzidos.

    E infelizmente na Netflix a gente acaba perdendo esse cuidado das traduções porque eles provavelmente utilizam o mesmo arquivo de vídeo pra todo o território que a licença cobre, muitas vezes sendo a América Latina toda (pra produtos como Diabolik Lovers) ou o mundo todo (produções originais). Lembro que quando Death Note entrou na Netflix, lá nos primórdios do serviço, os créditos e as placas estavam em espanhol (assim como Super Onze). Depois, o anime ficou um tempo fora e voltou todo em japonês.
    Aliás, acabei de encontrar os encerramentos de YuYu Hakusho com os créditos em português na Manchete:






  8. #8
    digite aqui sua mensagem pessoal Avatar de CLaudioST
    Data de Ingresso
    11/06/12
    Localização
    São Paulo - SP
    Idade
    35
    Posts
    1.258
    Gostaria que só nos dvd/bd se for usar creditos escritos na abertura e encerramento, e apos o ED, citando o elenco de dublagem BR , nomes das produção , e colocar sempre em formato de legenda eletrônica soft sub em português, assim não encoda e não poluir a imagem do video com creditos de legendas queimadas fixas e montagem de videos com os creditos.
    Última edição por CLaudioST; 19/03/17 às 15:01.
    Descubre essa voz feito por mim, em nesses endereços de videos stream on line;


    BANCO DE VOZ

  9. #9
    digite aqui sua mensagem pessoal Avatar de CLaudioST
    Data de Ingresso
    11/06/12
    Localização
    São Paulo - SP
    Idade
    35
    Posts
    1.258
    Citação Postado originalmente por Kenta Ver Post
    E espero que a tendência seja adicionar legenda nas placas (como a Netflix aparentemente faz com seus títulos originais) pra substituir a leitura delas pela "voz de deus", que é uma prática bem ultrapassada, a meu ver.
    Depende, os creditos em audio, só valem se os encerramentos for em trilha instrumental sem cantor(a) e o estudio de dublagem mantém as musicas estrangeiras ou ost playback e sem contratar alguém pra cantar em PT-BR, já que tudo isso vai tá limpo o som sem falas BRs no audio original e seja no idioma japonês, inglês, espanhol e etc...

    Em troca da voz padrão dos locutores de estudios creditando quem dublou , e poderia ter mais gente do elenco e narrando os creditos , e seria interessante se os creditos com narrações de vozes diferentes e fosse dos proprios dubladores e dubladoras do elenco de dublagem e cada um falando seus nomes e personagens que dublam , era bom se algum e todos estudios e tem essa ideia em breve, ou já fizeram recentemente e caso não soube e assim evita erro em alguns creditos com nomes errados, trocados nos personagens .
    Última edição por CLaudioST; 19/03/17 às 14:56.
    Descubre essa voz feito por mim, em nesses endereços de videos stream on line;


    BANCO DE VOZ

Tópicos Similares

  1. Dubladores em Várias Dublagens de uma Mesma Produção
    Por Danilo Powers no fórum Falando de Dublagem
    Respostas: 24
    Último Post: 11/01/20, 14:43
  2. Aparições de personagens de uma produção em outra.
    Por Sync no fórum Falando de Dublagem
    Respostas: 11
    Último Post: 02/04/18, 18:00
  3. Falta de dublagem em cenas pós-creditos?
    Por Daniel Felipe no fórum Falando de Dublagem
    Respostas: 8
    Último Post: 13/04/14, 23:28
  4. Ivete Sangalo DUBLANDO????? É isso mesmo, produção?????
    Por Mtcs no fórum Falando de Dublagem
    Respostas: 7
    Último Post: 10/09/13, 02:11

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •